EXPEDIENTE ANUNCIE FALE CONOSCO
-->
14 de fevereiro de 2018
publicado às 01h01
Após segundo dia de desfiles, Salgueiro divide favoritismo com Mangueira pelo título
Carnaval 2018 - Desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial na Avenida Marques de Sapucaí. G.R.E.S.  Academicos do Salgueiro
Carnaval 2018 – Desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial na Avenida Marques de Sapucaí. G.R.E.S. Academicos do Salgueiro - Daniel Castelo Branco

Terminado os desfiles do grupo Especial do Rio de Janeiro, Salgueiro e Mangueira despontam como as duas escolas favoritas ao título do Carnaval. As duas tiveram desempenhos superiores às outras agremiações. Portela, Mocidade, Tijuca, Tuiuti, Imperatriz e Vila Isabel disputam as primeiras colocações. Na luta contra o rebaixamento, São Clemente e Império Serrano aparecem como as principais escolas com risco de queda.

Confira como foram os desfiles desta segunda-feira

Unidos da Tijuca

A Unidos da Tijuca entrou na Sapucaí neste segunda-feira para tentar deixar para trás os problemas do ano passado, quando uma alegoria da escola acabou afundando na Avenida, prejudicando completamente o seu desfile. E a agremiação do Borel foi bem sucedida. Com um enredo sobre ator e dramaturgo, Miguel Falabella, a Tijuca divertiu o público na Sapucaí e abriu bem o segundo dia de desfiles do Especial.

Portela

Uma das campeãs do ano passado, a Portela passou na Sapucaí disposta a emocionar. As belas fantasias da escola, uma marca da carnavalesca Rosa Magalhães, que fez a sua estreia pela agremiação deram o tom do desfile da Águia. A apresentação emocionou a Sapucaí, apesar de apresentar alguns problemas relacionados principalmente aos menores recursos que a Portela teve para este Carnaval.

União da Ilha

Conhecida por desfiles com muita leveza, a União da Ilha do Governador fez uma animada apresentação nesta segunda-feira na Sapucaí. Com um enredo sobre a culinária brasileira a escola chamou a atenção pelas belas cores que exibiu na Avenida. A agremiação sustentou bem os quesitos de chão e levantou o público no Sambódromo.

Salgueiro

Quarta escola a entrar na Sapucaí, o Salgueiro teve uma grande apresentação nesta segunda-feira. Com belas alegorias e fantasias e com um chão arrasador, a escola da Tijuca se credencia como um das favoritas ao título do Carnaval de 2018. A apresentação coroou o trabalho de estreia do carnavalesco Alex de Souza.

Imperatriz

A Imperatriz Leopoldinense enfrentou a dificuldade de entrar na Sapucaí, logo após a bela apresentação do Salgueiro que sacudiu a Avenida. A escola de Ramos cumpriu um bom papel, mesmo estando distante da agremiação da Tijuca. O belo samba-enredo deu o tom a apresentação que contou com um capricho grande nas fantasias. O desfile, no entanto, apresentou alguns problemas, principalmente em alegorias e evolução.

Beija-Flor

Última escola a desfilar, a Beija-Flor de Nilópolis voltou a experimentar na Sapucaí. Com um tema crítico, a escola da Baixada Fluminense não conseguiu repetir os bons desempenhos de Mangueira e Tuiuti no último domingo. O enredo da agremiação foi desenvolvido de forma muito confusa e as alegorias apresentaram acabamento abaixo do esperado. Os pontos positivos foram os quesitos de chão.

Informações de O Dia

Notícias Relacionadas
Comentários 
0

Comentários encerrados.

Comente usando sua conta no FACEBOOK