EXPEDIENTE ANUNCIE FALE CONOSCO
-->
8 de novembro de 2017
publicado às 20h02
Semáforos inteligentes só devem ser instalados no DF em fevereiro de 2018

O Detran pretende começar em fevereiro de 2018 a primeira etapa de implantação de semáforos inteligentes no Distrito Federal. A fase inicial deverá contemplar 200 pontos da cidade. A novidade promete reduzir congestionamentos, minimizar a emissão de gases poluentes e aumentar a segurança de tráfego nas vias do DF. O órgão informou que aguarda o andamento de uma licitação, prevista para ser concluída em dezembro deste ano, para começar a instalar os novos semáforos.Segundo o Detran, a troca de tecnologia vai começar pela área central do DF, priorizando regiões com maior movimento. Informações do G1.

Atualmente, o controle dos sinais de trânsito é feito em uma central de monitoramento do Detran. Dos 3,1 mil semáforos que existem no DF, o órgão consegue ter acesso a 70% desse total. Segundo o Detran, quando implantada, a tecnologia vai permitir que o controle seja feito de qualquer lugar e em tempo real, permitindo fazer intervenções imediatas. O Detran garante ainda que o serviço passará a ser mais eficiente e mais barato: as peças têm custo mais baixo e haverá uma economia de 90% no consumo de energia.

Veja alguns benefícios listados pelo Detran:

Maior controle das vias sob sua circunscrição, ou seja, teremos informações em tempo real de contagem/quantitativo de veículos, pedestres, informações importantes para futuras alterações, elaboração de estudos, projetos, prevenção ou intervenções, gestão da mobilidade urbana e segurança viária;
Alteração do plano semafórico (tempo) por intermédio da central sem a intervenção manual “in loco”;
Ciclos (tempo) alterados pelo próprio computador (central) de acordo com o volume e fluxo de veículos que circulam no local, facilitando a fluidez;
O Detran terá em tempo real as informações das condições das vias do DF, podendo intervir de imediato, além de alterar ou modificar os (ciclos) tempos onde for necessário para melhorar a fluidez;
A população terá maior segurança e fluidez ao trafegar nas vias do DF;
Com a central de monitoramento por intermédio dos diversos sensores instalados, o Detran terá informações das condições dos semáforos (LED queimado, falta de energia, defeitos no controlador, acidentes e etc).

Notícias Relacionadas
Comentários 
0

Comentários encerrados.

Comente usando sua conta no FACEBOOK